Federer tenta feito inédito contra Nadal
Por José Nilton Dalcim
15 de março de 2017 às 01:34

E lá vamos para o 36º capítulo de um clássico duelo entre ataque e defesa, um dos mais cativantes da história do tênis. Menos de 45 dias depois da eletrizante final do Australian Open, Rafael Nadal e Roger Federer se cruzam de novo, desta vez ainda nas oitavas de final de Indian Wells, a rodada mais precoce que os junta desde 2004.

O mais curioso é que, depois de 14 anos de rica história, o suíço poderá marcar um feito inédito diante do seu mais temido rival: ganhar três jogos seguidos. Isso mesmo. Pode parecer incrível, mas Federer jamais conseguiu. Tal qual acontece agora, com as vitórias da Basileia de 2015 e de Melbourne, o suíço teve apenas outras duas sequências de triunfos consecutivos: Wimbledon-Finals de 2006 e de 2007. Fazia tempo, portanto. A título de comparação, Rafa obteve três séries de cinco vitórias seguidas.

Não menos curioso é o fato de que Federer poderá empatar novamente a contagem entre eles na quadra sintética. Ela está agora 9 a 8 em favor do espanhol, mas já esteve em 9 a 6. A última vez que o suíço liderou nesse quesito foi justamente com uma vitória em Indian Wells, em 2012, fazendo então o placar de 6 a 5.

Não há mais uma vez favoritismo declarado. Nadal chegou reclamando de mal estar em Indian Wells, teve alguns altos e baixos mas venceu bem suas partidas, com atuação muito boa nesta terça-feira diante de Fernando Verdasco, que é um espelho fiel de Rafa mas com qualidade inferior em todos os golpes. Federer teve em Steve Johnson um adversário de verdade, mas encontrou dificuldade evidente para devolver saque, pareceu um pouco apressado na base e cometeu vacilos perigosos no segundo tiebreak.

Talvez a vitória tenha mais importância neste momento para Nadal do que para Federer. O espanhol continua atrás de um título na temporada, que escapou mesmo jogando um tênis mais agressivo e competente. O suíço tem menos a perder, porque o 18º Slam foi algo tão espetacular e imprevisível que ele ainda não parou de comemorar. Isso também significa que Federer pode jogar mais solto e isso sempre é perigoso.

As oitavas de final de Indian Wells vêem também a revanche de Novak Djokovic e Nick Kyrgios. O australiano, que levou a melhor dias atrás em Acapulco, deu um verdadeiro show diante de Alexander Zverev e deixa claro que ele é muito mais jogador que o alemão. Mas tênis vai além de golpes pesados e mão habilidosa, daí nunca devemos nos animar demais com o problemático Kyrgios.

Nole chega cheio de moral depois da duríssima vitória em cima de Juan Martin del Potro, em mais um jogo disputado game a game, ponto a ponto. Djoko já havia se saído bem na estreia frente a Kyle Edmund e acima de tudo parece ter recuperado sua notável maestria na devolução dos mais poderosos saques e a determinação de espancar a bola em todos os pontos. Seu terceiro set contra Delpo foi no nível de 2015. Cinco vezes campeão no deserto, deve haver poucos lugares onde ele se sinta mais confiante e confortável. Para mim, virou o maior candidato ao título.

Os outros jogos de oitavas de final têm um pouco de tudo. Jack Sock lutou muito, salvou quatro match-points contra Grigor Dimitrov e ganhou um presente ao enfrentar Malek Jaziri. Tem assim uma chance real de ir à semi, já que duelará contra Kei Nishikori ou o surpreendente Donald Young, o canhoto mal-humorado e reclamão que achou seu jogo e já tirou Sam Querrey e Lucas Pouille.

Stan Wawrinka é favorito diante do franzino Yoshihito Nishioka, canhoto de 21 anos, 1,70m e incansável. O duelo entre Dominic Thiem e Gael Monfils promete, ainda que jamais se saiba o que esperar do francês. Gostaria de ver um reencontro entre Stan e Thiem, já que os confrontos anteriores são anteriores a maio de 2015. Dos jogos Pablo Carreño x Dusan Lajovic e Pablo Cuevas x David Goffin sairá o outro semifinalista. Façam suas apostas. Qualquer coisa pode acontecer.


Comentários
  1. Arthur

    Dalcim,

    Como federista, jamais imaginei escrever algo do gênero, mas o Nadal parece hoje estar sem armas para enfrentar o Federer.
    Se no AO havia a questão da velocidade da quadra, agora em IW todos estão de acordo que o piso está incrivelmente lento, inclusive havendo quem diga que está mais lento do que Miami.
    A raquete já não tão nova de 2014, associada à “nova esquerda” do suíço, simplesmente anularam o golpe que mais fazia estrago no confronto com o espanhol. Associando-se a isso a inevitável queda de rendimento físico do Nadal, não seria de todo absurdo imaginarmos que a “freguesia” tenha se invertido a partir de agora.
    Tomara que eles se encontrem mais vezes durante o ano, pra ver se o Federer diminui um dos poucos pontos fracos que ele tem na carreira: o H2H com o Nadal.

    Um abraço.

    Responder
  2. Rodrigo S. Cruz

    Guardem este dia: 15/03/2017!

    QUE DIA, QUE DIA, SENHORAS E SENHORES!

    1°) Wawrinka espantou a zebra corredora de 1,70m, para a tristeza do Luis Fernando .

    2°) Federer CHICOTEOU os lombos do Conan… para a tristeza do Luis Fernando.

    3°) Kyrgios DESCEU A CHIBATA em Novak Xiliquevic… para tristeza do Luis Fernando.

    4°) Bellucci salvou 17 break-points contra o indigesto Lucas Rosol, e avançou… para a tristeza do Luis Fernando.

    HA HA HÁ.

    E só pra deixar registrado:

    O nosso querido “abraçador de árvores” (como de praxe) deu um show de pitis, gesticulou pro staff, riu ironicamente, soltou berros e quebrou mais uma raquete!

    Só que nada disto foi o bastante pra evitar mais uma ENTUBADA do garoto-prodígio do tênis.

    QUE NOITE PRO TÊNIS-ARTE, senhoras e senhores!

    Adeus, era negra do maratênis!

    Pior do que você, só o Lulo-petismo!

    kkkkkk

    Responder
  3. Ricardo

    Quanto mais eu vejo o Kyrgios jogar, mais eu fico impressionado com a facilidade com que ele bate na bola. Traçando um paralelo com o futebol, ele me lembra muito o Ronaldinho Gaúcho, que também bate como quer na bola.
    Dalcim, Federer à parte, você já tinha visto um jogador tão talentoso quanto o Kyrgios com a idade que ele tem? Se sim, quem?
    Grande abs.

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      É um tenista de notável qualidade, Ricardo, mas comparar com outros tempos é sempre complicado. O que dizer de um Becker, aos 17 anos? Ou do McEnroe, aos 20? Claro que sei que você se refere à incrível facilidade com que ele bate na bola, o que é realmente admirável, mas com muito menos idade houve gente fazendo coisas espetaculares na quadra.

      Responder
      1. Pieter

        O próprio Nadal com inacreditáveis 16 anos derrotou o então número um do mundo, Federer, em rápidos dois sets, na quadra sintética! Prenúncio do pesadelo que ele viria a ser na vida do suíço.

        Responder
  4. João ando

    Foi um atropelamento…6/2 6/3 …o que chamamos de enfiada….Acho que quem vai aposentar primeiro e o espanhol…..uma pena o nishioka ter perdido

    Responder
  5. Rodrigo S. Cruz

    Kkkk

    E o Federer DOUTRINOU o Nadal hoje!

    Uma aula pra ninguém botar defeito.

    E nem venham com esse papo furado de que o espanhol jogou mal. O Fedex é que foi espetacular!

    Rapaz, depois que o Federer melhorou esse backhand dele, eu só lamento pro espanhol e pro Encostovic.

    E querem saber de mais uma?

    Se o Federer se mantiver neste nível, a volta dele ao número 1 não será mais um sonho…

    Já dá pra começar a pensar sim!

    Responder
    1. Sergio Ribeiro

      Onde foram parar seus comentários pessimistas de apenas uma Semana, pós Dubai ? E as declaracoes sobre as lesões do Suíço ? Fez alguma previsao sobre a partida ? kkkkkkkk Abs!

      Responder
  6. Ricardo - DF

    Rapaz, que chato esse comentarista do Sport TV que estava no jogo do Federer. Só faltou o cara chorar… o tempo todo lamentando os erros do Nadal. Rapaz, vá torcer assim em casa, em vez de enaltecer o incrível jogo do Federer, ficava choramingando os erros do Nadal. Não serve para comentarista, meu velho.

    Responder
  7. Marcos RJ

    Wawrinka tava nas cordas, se salvando na bacia das almas contra a formiga atômica sacando duas vozes para o jogo. Vai para a próxima fase aos trancos e barrancos, acho muito difícil chegar na final. Ja está no lucro com o tennis que tá jogando.

    Responder
  8. Marcos RJ

    Hoje foi dia de chocolate suíço, ainda mais porque Nadal vem numa boa fase jogando agressivamente próximo da linha e batendo forte dois dois lados.
    O antigo calcanhar de Aquiles virou uma das maiores armas, e não foi por acaso que o matchpoint terminou com outro winner de backhand.
    A combinação da nova raquete que tem maior margem de erro com o técnico Lujbicic (que tinha um magnífico BH de uma mão) desvendou o mistério de como derrotar o espanhol. A 3a vitória seguida tb não veio por acaso. E que venha logo a próxima.
    Vida longa ao melhor de todos os tempos!!!

    Responder
  9. Alexandre Matuchenko

    Esse Nishioka me lembra o Nadal no inicio da carreira. Joga uns 5 metros atrás da linha de base e corre feito um maluco sempre devolvendo mais uma bola. Pra ajudar na semelhança, ainda é canhoto.

    Responder
  10. José R.

    É bonito de ver o jogo do Federer…
    Se passar do australiano acho difícil perder o torneio, aí já começa a se candidatar a número 1 ao final da temporada…
    Já pensou??

    Responder
  11. Marcos RJ

    Hoje foi dia de chocolate suíço, ainda mais porque Nadal vem numa boa fase jogando agressivamente próximo da linha e batendo forte dois dois lados.
    O antigo calcanhar de Aquiles virou uma das maiores armas, e não foi por acaso que o matchpoint terminou com outro winner de backhand.
    Nada disso foi por acaso. A combinação da nova raquete que tem maior margem de erro com o técnico Lujbicic (que tinha um magnífico BH de uma mão) desvendou o mistério de como derrotar o espanhol. A 3a vitória seguida tb não veio por acaso. E que venha logo a próxima.
    Vida longa ao melhor de todos os tempos!!!

    Responder
  12. Thomas Suzaki

    Dalcim, estou assistindo ao jogo do Wawrinka com o Nishioka e quando vi que ele entrou como Lucky Loser no torneio, fui olhar a chave do quali. Achei muito curioso ao saber que ele perdeu no quali justamente para o tenista que enfrentou na primeira rodada (Elias Ymer), ou seja, ele ganhou quando o jogo valia mais!

    Você já havia ouvido de outro caso assim em que um jogo de última rodada de quali se repetiu logo em seguida na primeira rodada?

    Abraços

    Responder
    1. José Coutinho

      Eu também notei esta coincidência, e conforme o Dalcin já respondeu, acontece muito. Este ano mesmo já aconteceu com Istomin e Bedene em Roterdã.

      Responder
  13. Evaldo Moreira

    Boa noite,
    Engraçado como são as coisas, e como as coisas mudam de um dia para o outro, certo e fato que, o Djokovic, não está na atmosfera de antes, e nessa master 1000, o servio teve altos e baixo, e fora os chiliques de outrora, não vi o jogo de hoje, mas pelos comentários de alguns, quase que ele quebrou a raquete hoje.
    Kyrgios começa lentamente a amadurecer, embora saibamos que isto é momentâneo, pois a cabeça é fraca, no lado tenístico, como joga fácil esse rapaz, o saque então, o que dizer do segundo saque, que força e técnica, e isso, vendo alguns jogos dele.
    Agora o grande mestre hoje hein, não vi o jogo, mas vou tecer o meu comentário amanhã…………..
    Gooooooo Roger!!!

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      É uma faca de dois gumes. Você ganha tempo para a devolução, ainda mais sabendo que o adversário vai vir para cima, mas ao mesmo tempo abre demais os ângulos. Veja que até mesmo o saque aberto no forehand complicou o Nadal.

      Responder
  14. Ulisses Gutierrez

    Dalcim,

    mas que aula do Federer contra o Nadal! Que surra!!
    Já estou pensando no título do Federer e vê-lo disparar na corrida do ano com 3 mil pontos sendo que o segundo colocado deve ficar com praticamente a metade.
    O roger dominou até as trocas mais longas, na primeira chance dava uma marretada de esquerda. Parecia o Wawrinka quando está com a esquerda inspirada. Mas porque ele não jogou assim contra o Touro antes Dalcim!
    GO King Roger!!!

    Responder
    1. Rafael Wüthrich

      Se isso acontecer, com os resultados do ano o número 2 da corrida por incrível que pareça será o próprio Nadal, se não me equivoco. Mas não subestimo Nick Kyrgios, de forma alguma. O australiano está comendo a bolinha.

      Responder
  15. Leandro Guimarães Alicke

    Caraca que aula do Mestre!! 75% de pontos ganhos com o segundo saque…26 winners a 10!!

    Parece que enfim o Mestre enterrou de vez seus demônios contra o arquiinimigo sirizao!

    Vamo que vamo!

    Professor, Federer agora é o favorito ao título certo? Malgrado o jogo com o badboy australiano prometa ser bem duro, acredito que o Federer, soltinho, com 18o no bolso e vindo de mais uma Vitória sobre Nadal (essa acachapante!) passe em jogo apertado.

    O que acha?
    Grande abs

    Responder
  16. Fabio

    Que noite gloriosa para o tênis arte!

    Kyrgios derrubando novamente o Djoko, e em seguida uma aula de tênis do Mestre em cima do Siri Nadal!

    Apesar de torcer pelo Roger, jamais esperaria tamanha superioridade hoje… vai ter que jogar tudo isso de novo para poder passar pelo australiano.

    Responder
  17. Márcio Souza

    E que noite maravilhosa essa!!!

    Vitória pra cima do Nadal, com o GOAT jogando muito e com o BH afiadissimo, ótima vitória e não podemos deixar de ressaltar mais uma entubada que o sérvio abraçador de árvores levou hoje…estou rindo até agora kkkkkkkkkkkk

    E que bom que amanhã o Craque tem o dia de folga pra se preparar pra pegar o Kyrgios na sexta, porque o australiano vem jogando muito até aqui…nada que assuste, mas que inspira cuidados e atenção.

    Esta se desenhando uma final suiça…vamos torcer!

    E o melhor de tudo é o servio com aquela cara de cachorro que caiu da mudança kkkkk

    Não tem preço ver as derrotas dos sérvio kkkkk

    E a diferença entre o Nadal caiu agora pra 10 (13 a 23) tomara que eles se enfrentem mais umas 5 vezes esse ano ainda pro Craque diminuir mais ainda esse H2H, se possível fora do saibro, porque o espanhol mesmo em anos que ele não estava bem, no saibro ele ainda deve ser respeitado.

    Responder
  18. Pieter

    Maravilhosa exibição de tênis do fenômeno Federer agora há pouco!
    Lembrou- me o seu auge alguns anos atrás…
    Nadal até que não jogou mal mas foi totalmente dominado, ficando de mãos atadas para esboçar qualquer reação.
    Sensacional!

    Responder
  19. O LÓGICO

    KKKKKKKKKKKKKKK terceira entubada seguida no robozinho desencarnado kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    E com direito à aula de tênis kkkkkkkkkk só ELE é capaz de tal espetáculo. O robozinho saiu “empenado”
    de quadra. No último set o conjunto formado pela raquete e a mão direita dele, quando ia sacar, parecia
    pemba de jumento mole kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Quem tá se safando é o Djokão kkkkkkkkkk mas em algum momento não vai dar para escapar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    CHUPA QUE É DE UVA NADALZETES DA SOFRÊNCIA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Responder
    1. FRANCISCO

      Está acontecendo com Nole o que acontecia com Rafa, Roger chegava nas fases agudas, fases finais de torneios importantes e Rafa perdia antes.

      ENTENDAM, ROGER COM 35 joga mais que os caras com 30, tá maluco.

      talento puro, DOM, já os outros dois, esforçados.

      Responder
  20. Augusto Montenegro

    Eita meu amigo! Haja coração! Djokovic está me lembrando o mito ” paul is dead ” dos beatles. Será que meu Djokão morreu nas ” férias ” pós Roland Garros de 2016 e o substituíram por uma sósia Paz e Amor ? Aguentar as teses dos federistas de sobra é para matar de vez.

    Quero meu Djokão de volta !

    Responder
    1. FRANCISCO

      O que estão falando por ai, é que ele está sentindo falta, de uma certa ‘substância’, de sua dieta.

      Algo parecido com o Rafa a uns tempos atrás

      Alice, Robson, Luis Fernando, Chetnik, apareçam.

      COMO OS CARAS ESTÃO SOFRENDO.

      Abraços.

      Responder
      1. Nando

        Desses q vc citou, o único q aparecerá é o LF, se ele tem alguma qualidade aqui no blog, é a de não fugir qnd seu ídolo perde….os outros irão fazer companhia a novakete no sítio kkkkkkkkkkkkkk

        Responder
    1. José R.

      É a mesma camisa que ele jogou no AO, mas de outra cor…
      Joga no Google camisa polo nike Roger Federer que vi encontra pela bagatela de 250temeres…

      Responder
  21. Bruno Macedo

    Kyrgios já está esperando o Federer. O tênis exuberante do Federer contra a promessa de um tênis exuberante no futuro, o Kyrgios. Os dois caras por quem eu torço! Demais!

    Responder
  22. Luiz Fernando

    Impressionante o desempenho do Kyrgios, que pareceu um sacador nível Raonic, porem q com toneladas a mais de habilidade e movimentação. No lance do primeiro mpoint, no qual ele tentou fazer magica e foi um pouco desleixado, algo q infelizmente e sua marca registrada, fiquei com a clara impressão q ele conseguiria ultrapassar a bola p bater de frente e não de costas. Não cedeu um break ao cara q e reconhecido como o melhor devolver da atualidade. O australiano demonstrou q se fosse mais aplicado e menos inconsequente e moleque, ja seria Top 5 tranquilamente.

    Responder
  23. Márcio Souza

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    E olha mais um caminhão de pontos indo embora kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    E o Cotonete esta que só afunda kkkkkkkkkk

    E o que é mais engraçado que foi só ele ganhar ontem do Delpo que alguns lunáticos ja vieram dizer que ESTÁ VOLTANDO!!!
    Esta voltando sim…mas a tomar entubadas cada vez maiores kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    E o abraçador de árvores amarga mais uma derrota maravilhosa.
    Como é bom ver aquela cara de cachorro quando cai da mudança dele, quando ele perde um jogo kkkkkkk

    Cade aqueles gritinhos de ontem?
    Cade o punho cerrado de comedor de fígado?
    Cade o homem gelo e que iria dominar o circuito e ganhar 19 Slam e ser o numero 1 por 400 semanas?
    Kkkkkkkkkkkkkkkk

    Como e bom ver as djokozetes sofrendo kkkkkk

    E o que é melhor de se ver quando o sérvio esta perdendo como no final do primeiro set ele quebrando raquetes e no fundo ele sabe que o tempo dele ja passou e que MUITAS DERROTAS ainda virão…calma Cotonete esse é só o começo! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Nem quero saber mais qual vai ser o resultado do jogo do Federer e Nadal…depois dessa vou assistir aos jogos da Libertadores e ficar dando risada até a hora de ir dormir pensando no que o Cotonete esta fazendo no quarto de hotel agora dando socos na parede kkkkkkkkk

    O cara não tem nem 30 anos ainda e ja esta na descendente…e cada vez mais ladeira abaixo kkkkkkk

    Em 2017 foi só um Atp 250 kkkkkkkkkk e pelo andar da carruagem vai ficar nisso kkkkkkkkk

    Eu racho kkkkkkkkk

    Responder
    1. FRANCISCO

      Só ultrapassará Sampras, se ganhar 15 Majors, na minha opinião, ele ganha mais uns 3 e chega a 15, como também acho que Rafa, chega aos 15

      Responder
  24. Nando

    Mestre, o australiano mandou várias bolas sem peso pro sérvio…percebe-se q ele se complica qnd vem bola assim, então podemos dizer q essa é uma das chaves pra vencé-lo? Além de ser bastante agressivo (o outro modo de ganhar dele)

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Pois é, o Simon havia mostrado que bolas sem peso no centro da quadra desagradam o sérvio. Kyrgios usou isso a maior parte do tempo hoje.

      Responder
  25. Rodrigo S. Cruz

    É. Meu povo!

    Mais uma linda e humilhante ENTUBADA de Kyrgios sobre o sérvio xiliquento. Kkkk

    Como bem profetizou o Pessanha, aqui no blog.

    Este é o fim da ERA DAS TREVAS do maratênis!!!

    Adeus, Djokovic.

    Au revoir!

    Sayonara!

    Responder
  26. Rodrigo S. Cruz

    O Kyrgios HUMILHOU o Encosto sérvio, como muita categoria, no primeiro set.

    Tá feia a coisa se o australiano vencer, pois o sérvio tem 1000 pontos pra defender. kkkk

    Vamos, continue assim, Kyrgios!

    Responder
  27. Luiz Fernando

    Kyrguis fez um primeiro set de numero um do mundo contra o cara q era o bicho papão do tênis ha seis meses. Jogou demais; me impressionou sua velocidade de segundo serviço absurda, demonstrando acima de tudo confiança. Ja o Djoko entrou na quadra como o Rafa contra p Pela, parecia estar passeando na praça e não jogando tênis, embora tenha melhorado no decorrer do set. Vamos p o segundo set.

    Responder
  28. Filipe

    No histórico de confrontos entre Federer e Nadal publicado hoje no site, vi que Federer já ganhou 3 jogos seguidos do Nadal.
    Tem algum detalhe que está faltando?

    2007:
    Hamburgo – saibro – final – Roger Federer, 2/6 6/2 6/0
    2006:
    Tennis Masters Cup – sintético coberto – semifinal – Roger Federer, 6/4 7/5
    Wimbledon – grama – final – Roger Federer, 6/0 7/6(5) 6/7(2) 6/3

    Responder
  29. Luis

    Dalcim o Federer tem a mesma dificuldade enfrentando Nadal e Djokovic que sao grandes devolvedores? Rs,acho que da pra vencer Nadal mas bem que poderia nao enfrentar o servio nas quartas rs,enfrentar seus 2 maiores rivais em sequencia,seria legal uma final suica Federer x Wawrinka mas tambem um Federer x Thiem seria interessante rs,Go Federer verde

    Responder
  30. Geraldo Soares

    Dalcim

    to vendo aAGORA O jogo de Thomaz , increditavel, quanto sofrimento para enfrentar um jogador WC em um torneio challenger ..Dalcim o que ocorre coma a cabeça deste menino?? precisa passar uma temporada com um monge

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Pera ai, o Rosol não é qualquer tenista, muito menos num piso sintético. Muito normal a dificuldade do Bellucci contra o tcheco.

      Responder
  31. Everton

    o SporTV paralisará a transmissão de Indian Wells das 21:45 às 23:45 h para transmitir o “jogaço” Sport x Boavista. Espero que não seja a hora do Fedal, ou cancelo de uma vez por todas minha assinatura.

    Responder
  32. Rodrigo S. Cruz

    Dalcim,

    Me tira uma grande dúvida.

    Se é verdade que o sol faz com que as condições da quadra fiquem mais rápidas, qual o motivo do Pete Sampras JAMAIS perder os seus jogos durante a noite?

    Não era pra ser o contrário?

    Não era pra ele ter mais facilidade em condições mais velozes durante o dia?

    Responder
  33. Wadih

    Boa tarde Dalcin, vc sabe se realmente o jogo do Federer hj com Nadal nao vai passar no Sportv ao vivo? Onde tenho visto me parece que sera futebol… nao to acreditando que vao cometer uma heresia dessa com o tênis … Se isso for verdade, sugere algum link pra ver via stream?

    Responder
      1. Felipe

        Nossa !! Incrível… no site do sportv eles falam que vão passar o empolgante jogo do Sport x Boa Vista à partir das 21:40… Se realmente eles fizerem isso vai ser o fim da picada!!!!
        ps: e a Dalcim??? vai acompanhar o palmeiras no rádio e o tenis na tv/internet??? rsrsrsrsrs

        Responder
        1. José Nilton Dalcim

          Olha, se o Palmeiras não ganhar de 4, não terá feito bom jogo. E ainda é classificatório do grupo, IW me empolga bem mais hoje.

          Responder
    1. Eduardo

      Esses dias eles não passaram o master e estavam passando nos outros dois canais: campeonato estadual mineiro e campeonato sub17.
      Tenho dificuldade em acreditar que um campeonato estadual (seja de qual estado for) e, principalmente, um campeonato sub 17 seja esportivamente mais relevante que um torneio de tenis do quilate deste.

      Responder
  34. Sônia

    Dalcim, confesso não conhecer o americano que jogou contra o Lindinho, mas que foi um bom jogo, realmente foi. Gostei do desempenho e da fisionomia do Lindinho, parece muito concentrado, querendo algo mais. Infelizmente, contra o careca do toc na cueca que joga no erro do adversário, será muito diferente, mas estarei na torcida por mais uma vitória. Em relação ao sérvio, não observei tanta mudança assim, pelo contrário, continua instável (muito estranho, parece que falta alguma substância…). O sérvio deu sorte pois a esquerda do argentino é horrorosa. Palpites… Sock vs Federer e Goffin vs Wawrinka. Final entre suíços (sonho meu rsrsrs). Beijos.

    Responder
    1. Marcos RJ

      Oi Sônia
      O Delpotro comeu o pão que o Diabo amassou nos últimos 3 anos fora do circuito após várias cirurgias no punho. Apesar da sequela que não permite colocar top-spin no backhand ele continua competittivo com saque e forehand devastadores. Delpotro é um grande e exemplo de determinação e definir o backhand do cara como horroroso pega meio mal. Não sei se vc notou mas o argentino também deu uma verdadeira aula de slice de backhand para o Djokovic, que passou vergonha toda vez que tentou acompanhar.
      Mas concordo que ainda falta algo para o sérvio

      Responder
  35. Kleber Araujo

    Olhando a programação do Sportv3 na internet vejo que IW vai das 15h às 21h40 direto.
    Ou seja, com sorte vemos meia hora do Fedal (se a programação não atrasar) e então paramos com Tênis para assistir o jogo mais aguardado do ano pela copa do Brasil – Sport x Boavista!

    Realmente “imperdível”… com todo respeito aos torcedores dos respectivos times, mas Fedal é Fedal!

    E ainda que fosse um Flamengo x Corinthians… se o canal divulga a transmissão torneio, deveria encontrar uma solução de manter na TV o jogo mais esperado do mesmo… pra mim é um pouco de falta de respeito com os fãs de tenis… maaaaas, estamos no país do futebol né galera… espero que revejam…

    Responder
  36. Alexandre Matuchenko

    Na programação da SporTv ta dizendo que vai ser transmitido Sport x Boavista na hora de Federer x Nadal. Se isso acontecer, será o cúmulo do desrespeito, ainda mais com um jogo quase inexpressivo de uma fase ainda inicial da Copa do Brasil. Mas lembro que já fizeram isso na decisão do Finals de 2010, então não será surpresa

    Responder
  37. Erick

    Grande Prof. Dalcim,

    Uma pena que você não poderá assistir aos jogos hoje. Não tem o SEU “Parmera”?!rsrs

    Sobre o tênis, me chamou atenção o sérvio conseguir mudar a direção da bola, usando o revés, com muita facilidade. Achei que estava pegando a bola mais à frente do que nos últimos encontros entre eles. Você percebeu isso, também? Pode ser a quadra, que está lenta e lhe dá mais tempo para isso?

    Com relação ao mestre, achei que os voleios estavam afiados ontem. Com a velocidade (baixa) da quadra, a chave do jogo pode ser o índice de pontos ganhos na rede, concorda?

    Por fim, acho que o campeão sairá desse quadrante “pesado”.

    Um grande abraço.

    PS.: Quando sai a chave de Miami? Será que vamos nos encontrar lá, nesse ano?

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Nole sempre trocou muito bem a direção da bola com o backhand, mas infelizmente tem feito isso bem menos ultimamente. Deveria insistir mais. Os voleios estavam afiados, mas foi a boa transição do fundo à rede quem facilitou isso. Não vou a Miami, infelizmente. Sai na terça.

      Responder
  38. Alice

    Nossa, senti uma inimizade de alguns com a vitória do Djokovic. Não quero nem imaginar as palavras rancorosos que vão rolar na página, em caso de vitória de Djoko e Rafa…

    Responder
    1. Sônia

      De minha parte, depois do 18 GS, só alegria. Se o Lindinho perder de 6/0 6/0, vida que segue. Rancor? Está confundindo as torcidas fofinha. Beijos.

      Responder
      1. FRANCISCO

        Boa Sonia, essa senhora Alice até hj sofre com pesadelos por causa do Federer no Ausopen.

        Sorria que essa dor de cotovelo passa Alice.

        ACEITA #18, O ANO JÁ VALEU.

        ACEITA QUE DÓI MENOS.

        Responder
  39. Maurício Luís *

    Nossa, dá gosto de ver a Venus Williams jogar. Quando a chinesa Peng tenta fazer jogo de levantamento de bola, à la Nadal, a americana logo acaba com o baile mais cedo, com uma baita porrada. Se a chinesa erra o primeiro saque, é brindada com devolução arrasadora.
    Graças a ela e à Serena, o tênis feminino dinamizou-se.

    Responder
  40. Robson

    Promessa de jogão hj,Novak x Kyrgios.
    Novak deve tá com a derrota de Acapulco até agora entalada na garganta, virá seco,com a faca nos dentes pra cima do Australiano, jogassoooooo….

    Responder
  41. Carlos Emerson

    Obrigado Dalcim pela resposta.Eu irei arriscar o jogo hoje entre Rafax Federer 2×0 para Rafa pode até pintar um Tb!Mas um jogão que vi foi o Sock e o Dimitrov realmente tem muito bons jogadores nossa!Del Potro jogou bem mas o Nole esteve enfurecido ontem e jogou como fez várias vezes mas contra o Australiano o cara vai ter que jogar muito mais o Delpo ele é craque.Mas ganhar do Nole quando joga deste jeito fica diícil!

    Responder
  42. Victor Martins

    Alguém avisa o Djoko pra assistir o VT do jogo do GOAT, e passar até o 4 à 4 do 1°set, 15-30, o Federer dando 2 smachs espetaculares.
    O Djoko precisa vê isso, e aprender de uma vez por todas. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder
      1. Victor Martins

        Se não aprendeu até agora, não vai ser depois dos 30, ainda mais depois da saída do Boris Becker.
        Tem que ter o talento natural, e aperfeiçoar com treino.
        Vamo deixar pra quem sabe.
        Vida longa ao Rei Roger!!!

        Responder
        1. José Coutinho

          Não faz sentido dizer isso, tendo em vista que ‘aparentemente’ RF aprendeu a usar o potencia do BH só agora… aos 35. Nunca é tarde para se aprender algo novo.

          Responder
  43. Pieter

    Essa edição de Indian Wells está antológica!

    Para nunca mais esquecermos! Como temos sorte de estar presenciando esses confrontos ao vivo!!!!

    Responder
  44. Luiz Fernando

    Dalcim, Verdasco sempre teve um serviço melhor do q Rafa, em especial no quesito velocidade, mas ontem a média favoreceu Nadal, se não me engano por, em média, 6 mph (106 vs 100). Como explicar isso? Será q até nisso o Moya interferiu?

    Responder
  45. Marcio

    Mestre, que azarado esse Del Potro.
    O cara é um tremendo lutador, quer subir no ranking e tem plenas condições pra isso, mas só nesse ano já encontra o djokovic duas vezes ainda no início do campeonato.
    Complicada a vida do argentino.
    Acho tanto Federer quanto Nadal maiores do que o djokovic, mas no momento sem dúvidas o mais difícil de bater do circuito é o djokovic, até porque os outros são de outra geração, o Federer ainda mais.
    Torçamos por uma chave um pouco mais tranquilo pro argentino nos próximos torneios.

    Responder
      1. José Eduardo Pessanha

        Amigo, o Nadal apareceu dois anos e meio antes do Djokovic. Lógico que o Nadal é de uma geração anterior ao sérvio. Quando o Djokovic entrou no top 100, o Nadal já era segundo colocado no ranking.

        Responder
    1. Marcelo-Jacacity

      Bruno, essa é fácilima!!! rs
      Mas eu não desapareci não. Fiz uns comentários em alguns posts passados.
      Djokovic Fênix ressurgirá!

      Responder
  46. Marcio Souza

    Grandes jogos hoje!!!

    Federer passa pelo Nadal, no sufoco mais passa.
    Eu cravo 2 a 1 com parciais duríssimas…mas o GOAT passa (se bem que o Nadal bem bem na quadra dura esse ano mas fica a torcida pro Federer).

    Já no jogo entre o Cotonete e o Kyrgios, eu queria que passasse o servio, pelo simples fato de que os vencedores se enfrentam nas quartas, e eu quero ver os jogos mais clássicos como Federer e Djoko ou Djoko e Nadal.

    Vale a torcida, porem se o australiano ganhar também não vou achar ruim não kkkk kkkk

    Responder
  47. Mário Fagundes

    Bastou uma vitória jogando contra um teimoso Del Potro pra que Djokovic seja considerado o cara a ser batido? Se o “garoto-problema” repetir o nível de jogo apresentado até aqui, não tenho dúvida da enorme chance que terá de destruir o arrogante sérvio em IW. Vou torcer muito por isso. E Federer tem mais uma oportunidade de diminuir a freguesia. Vai precisar muito do saque e do backhand angulado (tal qual em Melbourne).

    Responder
  48. Periferia

    Ola Dalcim…………estava vendo o jogo do Federer e o Steve Johson …..chamau a atenção o fato do americano não ter esquerda, ele fugia e batia de direita , quando não dava para fugir ele dava um slice………..achei espetacular, apesar da limitação o cara foi muito competitivo….poderia ter ganho…….no circuíto já existiu um ganhador de slam com o mesmo estilo?

    Responder
  49. Carlos Emerson

    Bom dia Dalcim e a todos achei muito legal de sua parte dizendo o Verdasco é o espelho do Nadal.Mas o Federer enfrentou um verdadeiro jogador!gostaria não tive a condição de decifrar o seu entendimento.Então o que jogou com Federer é verdadeiro o que para mim pareceu que o Verdasco não é?é isto?

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Desculpe, não entendi sua dúvida. Verdasco é um espelho técnico e tático do Nadal. Joga de forma extremamente parecida, incluindo a postura tática. Isso não tem nada a ver com Federer e Johnson.

      Responder
  50. Bruno Macedo

    Torcendo demais pro Kyrgios ganhar esse torneio! Ele é o q chega mais perto do tênis exuberante, então sempre vou torcer por ele.
    Acho q quando o Kyrgios começar a sentir o doce gosto das vitórias, ele vai tomar juízo!

    Responder
  51. Victor Rolemberg França

    Dalcim, o que você está achando da velocidade da quadra em Indian Wells? Mais rápida ou lenta em relação aos anos anteriores?

    Responder
  52. Willian Lopes

    Não pude ver a partida infelizmente, mas ao que parece Kyrgios realmente se mostrou superior ao Zverev, porém, no meu modo de entender ainda é muito cedo e penso que é difícil dizer quem é melhor após 1 partida somente. O que é certo é que os dois tem muito a evoluir, embora vejo o alemão mais preparado para brigar por grandes conquistas e chegar ao top 10 do ranking em um prazo mais curto do que o australiano. Espero que Kyrgios consiga um treinador como Peter Lundgren que disciplinou Federer além de colocar a sua cabeça no lugar e encorporar ainda mais o seu fantástico jogo, ou Ivan Lendl que apesar de todas as dificuldades consegue colocar a cabeça oca do Murray no lugar rsrs. Como disse um colega do blog, se Kyrgios arrumar um técnico que o motive e discipline, o estrago que ele vai causar no circuito vai ser grande.

    Responder
  53. Juscelino Júnior

    Fala Professor!!
    Dalcim, li num blog espanhol que Indiana Wells é considerada a quadra de M1000 com piso sintético mais lento, juntamente com o Masters de Paris. Eu achava que Miami fosse mais lenta…
    De qualquer forma, pra você as condições do Masters californiano favorecem claramente mais​ ao Federer ou ao Nadal? Na Austrália favoreciam claramente o gênio suíço correto?
    Abs.

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Sério que disseram isso? Bom, de qualquer forma o fato de jogar à noite deixa sempre o jogo mais lento, portanto pequena vantagem para o Nadal.

      Responder
          1. bruno

            Dalcim eu não sei se ouvi direito,mas teve um dia que o Cláudio Uchoa disse que a temperatura na quadra estava 50 graus?

          2. José Nilton Dalcim

            Sim, isso mesmo. A temperatura ambiente lá tem estado na casa dos 35, mas com apenas 10% de umidade e vento de 15 a 20 km/h. Então é pesado, mas não é sufocante.

  54. Marco Dias

    Kyrgios me causa uma sensação estranha: suas atitudes e arrogância em quadra (popular “mala” – soberbo) normalmente me fariam não torcer por ele de jeito nenhum, mas ao assisti-lo em dias inspirados não há como não se deliciar com suas jogadas. Alguém tem que colocar juízo na cabeça desse cara, pois é a próxima estrela do tênis (não sei se fico feliz ou triste com isso).

    O ego dele quando acerta aquelas jogadas espetaculares infla cada vez mais (como quem diz: eu sou “o cara”). Já pensou se ele ‘gostasse’ de tênis?!

    Agora é só jogaço nesta parte da chave. Não vou nem me arriscar a palpitar.

    Responder
  55. Sergio Ribeiro

    Pois e’ Dalcim. Neste rico confronto entre o Rei do Saibro x o Rei da Grama, não podemos esquecer dos 15 confrontos no Barro x os apenas 3 na Grama. Isso em nada desmerece o Espanhol, mas explica um pouco as seqüências menores de Vitorias consecutivas do Suíço. Estamos então com 13 x 2 no Barro e 10 x 10 , fora dele. Se levarmos em consideração os progressos do Espanhol com Moya, e o fato de Indy estar mais lenta que no AOPEN , o confronto realmente e’ imprevisível. Mas acredito que o Suíço jogando solto, pode prevalecer, mas passando outro sufoco. Abs!

    Responder
  56. Marcelo Calmon

    Dalcim,

    Também concordo que é visível a melhora do Djoko. Poderia ter ganho em 2 x 0 , mas as “patadas” e os saques do Delpo equilibraram um pouco o jogo.
    Concordo também com um comentário acima que diz que o Delpo, acredito que em função da fragilidade do seu pulso, não varia mais o backhand, sempre slices e mais slices. Contra jogadores normais isso não pesa tanto, mas para enfrentar os grandes nomes sim.

    Mas acho que o jogo de hoje vai ser mais difícil para ele. O Kyrgios brincou com o Zverev, que nesse torneio não teve nenhuma atuação muito convicente.
    Mas como você bem escreveu, o Kyrgios, como o futebol, é uma caixinha de surpresas. Jogo imperdível, e para mim, mais interessante que Nadal x Federer, apesar da história envolvida nesse jogo.

    Berdych ganha o troféu amarelão do torneio. Vence fácil o 1º set, põe confortável frente no 2º e desanda a fazer besteiras. O outro é um paredão, devolve tudo, mas o Berdych jogou muito mal.
    O Dimitrov quase rivalizou com o Berdych, mas pelo menos tava jogando contra um cara muito melhor que o Nishioka, mas mesmo assim tava tranquilo no 3º set (quebra na frente) e fez pontos decisivos horrorosos, errando bolas fáceis.

    Seria realmente interessante ver Wawinkra x Thiem, duelo de dois backhands sensacionais. MAs gosto de ver o Monfils jogar, não deu a minima pro saque do Isner. Aliás os caras que se baseiam quase que no saque para ganhar seus jogos nesse torneio não tiveram grandes chances (Karlovic, Querrey, Isner, etc), você acredita que seja pela falada “lentidão” da quadra ?

    Não poderia deixar de registrar mais uma atuação calamitosa da Radwanska. Muito fraca !!! Cada vez mais me pergunto como ela se mantém entre as TOPs por tanto tempo.
    Outra que vai ladeira abaixo é a Kerber, Svitolina deitou e rolou !!! Há muito tempo não faz uma partida digna de uma nr 1 do mundo.
    Jogo maluco foi o da Muguruza. 2º set leva uma lavada e devolve em seguida no 3º. Já vi vários jogos em que alguém perde feio num set e depois reage, mas da maneira que foram os pontos foi surpreendente.

    Algum brasileiro (a) no quali de Miami ?
    abs

    Responder
  57. Lincoln

    Realmente, Nole fez um terceiro set primoroso, como o comedor de fígado de outrora. Estava acreditando no Dimitrov para semi, mas o sock foi a luta e virou na raça.
    O clássico de hoje vai ser como no AO. Pra lá e pra cá. Espero que o SporTV não de um tiro no pé.
    Por falar em SporTV, gostei do Pardal nos comentários. Aliás, tanto ele como o Venâncio, deram um up nas transmissões. Dalcim, sabe se a participação dele é momentânea ou foi contratado?

    Responder
  58. AKC

    Se o Kyrgios arranjar um técnico que o motive e discipline, o estrago será grande…. Vários ex-tops e vencedores de Slam foram problemáticos no início, espero que isso aconteça, o cara é a maior promessa do circuito.

    Responder
  59. José Eduardo Pessanha

    Mestre, é comovente sua fé em Djokovic. rs. Kyrgios campeão em Indian Wells 2017. A chave dos cachorrões é muito mais forte do que a do lado oposto. Se não der Kyrgios, dá FedEx. Pena que o jogo do Federer será no horário dos jogos da Libertadores. Será literalmente um olho no peixe e outro no gato pra poder acompanhar tudo. Abs.

    Responder
    1. Willian Lopes

      É exatamente isso que me preocupa, o fato do Fedal Nº 36 acontecer no mesmo horário dos jogos da libertadores e copa do brasil, porque acho bem possível que o Sportv não transmita esse grande clássico do tennis ao vivo. Tomara que isso não aconteça.

      Responder
      1. Castilho

        Na transmissão de ontem eles disseram que irão transmitir. De qualquer maneira acredito que via internet (SPORTV.COM) se conseguirá assistir sem problemas.

        Responder
  60. rafael

    Muito bem colocado Dalcim. O nível de devolução do Djokovic foi altíssimo. Se mantiver essa arma nos próximos jogos, ele se torna o favorito realmente. Ah, e ele tem errado muito pouco também. Abraço

    Responder
  61. João Sark

    Dalcim, bom dia.

    Duas dúvidas:

    1) Entre o Big Four, qual possui a bola que anda mais? (falam muito da agressividade do Federer, mas da TV é difícil de saber…rsrs);
    2) Qual modelo de raquete o Del Potro usa?

    Muito obrigado!!

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Olha, é um tanto difícil garantir, mas eu diria que o forehand do Federer e o backhand do Nole são os que andam mais. Me parece que é a Wilson Burn FST 95. Cabeça de 95… poderia fazer como o Federer e muda para 98 pelo menos.

      Responder
  62. ANTONIO

    E lá vem o Sérvio de novo…, muito bom o jogo dos “novatos” NICK x ALEXANDER, ficou evidente também a diferença entre os dois, Sverev vai ter que melhorar um pouco seu níveo e o Kyrgios só depende de estar com a cabecinha no lugar, que logo tem chance de ganhar algo grande, mas desta vez vai dar Djoko e acho que vai dar também Nadal, ai teremos mais um clássico pela frente. Esse M1000 ta bom de mais!

    Responder
  63. Tom

    Só não vou assistir o FEDAL de hoje porque o Allianz Parque me espera pra um outro compromisso, às 21h45. Em outros tempos eu já daria como certa a vitória do Touro miúra, mas depois da magnífica conquista do GOAT no AO /17 tudo pode acontecer.

    Responder
  64. Fernando Filho

    Dalcim,sobre o duelo entre Kyrgios e Zverev, o Federer sempre foi,em tese, mais jogador que o Nadal. O fato é que o suíço virou o freguês favorito do rei do saibro. Eu até acho o Kyrgios mais talentoso,mas acredito que o Zverev irá mais longe na carreira, por ter melhor cabeça. Uma pena realmente… O australiano é genial, mas acredito que não vai atingir todo o seu potencial.

    Responder
  65. Vítor Barsotti

    Dalcim, senti o Zverev um pouco tenso no jogo contra o Kyrgios. Parece que ele sentiu a pressão de um jogo que provavelmente será um grande clássico no futuro e não conseguiu encaixar seu jogo direito. Até a fisionomia dele estava estranha. Sentiu isso também, mestre, ou acha que ele simplesmente foi dominado?

    Já o australiano, mais tarimbado, jogou solto e deu show. Jogaço e promessa de outro hoje. Djoko vai vir com sangue nos olhos pra descontar a derrota de Acapulco.

    Responder
  66. Luiz Fernando

    Desempenho bem melhor de Rafa ontem, quando comparado ao jg anterior, em especial no primeiro set, mas com vacilos no segundo q me trouxeram a memória aquelas atuações pífias de 2015/2016. De bom mesmo foi o serviço consistente, o BH bem mais preciso e veloz e o fato de estar recebendo bem mais a frente; o pior foram os muito erros do FH, semelhante ao q ocorria no bienio citado. Não apostaria minhas fichas em vitória hj e, muito menos, num hipotético jg contra Djoko. Talvez Federer consiga o feito de 3 vitórias seguidas…

    Responder
    1. Rodrigo S. Cruz

      Affe

      Nada a ver!

      O Nadal jogou super-bem, isso sim. Não dá pra ele jogar melhor do que isso.

      Você é que está traumatizado até hoje com as tais atuações pífias citadas.

      Responder
  67. Rafa Darvin

    Mestre,

    Você acha mesmo que no conjunto da obra Kyrgios é MUITO mais jogador que o Zverev ? Vejo ele como superior tecnicamente, pois faz praticamente tudo em quadra com uma facilidade absurda.
    Porém o alemão é visívelmente mais centrado, com um pouco mais de tempo e maturidade (principalmente fisica), pode se tornar o melhor jogador do circuito pois possui todos os ingredientes para o sucesso…
    No fim, o segredo não é fazer oque ele fez ontem o alemão esporadicamente mas sim com frequência. Será mesmo que ele é capaz?
    Ele já bateu praticamente todos os grandes (fora Murray), estou ciente disto. Mas Zverev também já teve ótimos resultados, se não venceu esteve bem próximo…
    Talvez quando enfim ele contratar um treinador.

    Obs: não vejo a hora dessa mulecada começar a tomar as rédeas e passar a vencer algo de bastante relevância…

    Um abraço,
    Rafa Darvin

    Responder
  68. Alexandre Maciel

    Loko de bom esse torneio. Federer jogou muito abaixo, se jogar assim contra o espanhol não terá chance. Djoko parece estar voltando a velha forma, vai ser difícil tirar o título dele, a não ser que o kyrgios apronte novamente. A conferir…

    Responder
  69. Alice

    Hoje, a noite será de #gala! Espero que dê Rafa e Djoko, mas se der Federer, eu aceito. Mas, o Kyrgios não me desce, por mais talento que ele tenha, só se ele alcançar o número #3 do ranking, eu cederei!!! Nesse caso, seria bom até ele ganhar o título – kkkkkkkkk

    :P

    Responder
  70. Rafael Wuthrich

    Embora Nole tenha jogado bem no 3o set, ainda se irritou em demasia, flertou com quebra de raquete, cometeu vários erros e oscilou demais nos 2 primeiros sets. Contra Delpo, outro que viveu noite de altos e baixos, serviu, mas não acho que servirá caso Kyrgios jogue concentrado amanhã.

    Estou especialmente curioso para saber como Wawrinka levará sua chave, muito mais fácil. Tem tudo para ir à final.

    Responder
  71. Alice

    “Mas tênis vai além de golpes pesados e mão habilidosa.” E ponto…
    O tênis acima de tudo é mental, por mais habilidade e físico que você tenha, você precisa ter uma mente que o mantenha em constante evolução, que consiga fazer um jogo vitorioso e regular durante toda temporada! É preciso + que um resultado, é preciso vários resultados pra ser número #1 do mundo. ;)

    Responder
  72. Nando

    E o comentarista do Sportv torcendo pro sérvio? Falando o tempo td: “Tem q jogar no revés do Del Potro”

    O Rei tem q jogar exatamente como jogou a partir das oitavas do AO…esses 2 jogos serviram pra pegar ritmo e calibrar os golpes, daki pra frente é nível elevado sempre, rumo ao título no domingo, comendo pelas beiradas.

    Responder
    1. Rodrigo S. Cruz

      Eu também reparei isso, Nando.

      Que ridículo aquele comentarista torcendo descaradamente pro Encosto sérvio…

      Olha que período longo de domínio que o cara teve!

      Enquanto o Delpo ficou fora por anos.

      Isso sem falar que o simples fato dele torcer pro Encosto jogar todas no Backhand de VIDRO do Delpo, é até covardia…

      Responder
  73. Robson

    Meu Deus, que alegria,que prazer,que satisfação em ver Novak atuar com determinação, com foco,com a faca nos dentes,a muito,muito tempo eu não via Novak dentro de quadra como hj,vibrando,dando na bolinha de esquerda,direita,paralela,cruzada,voleios,slices,bons saques,ótimas devoluções,34 Winners contra 31 de Delpo,enfim, como disse Dalcim,hj o Novak que esteve em quadra foi o Novak de 2015 a RG de 2016,e Novak nesse nível de atuação,não tem pra ninguém, ninguém.

    Responder
    1. bruno

      Vc não para de insistir com essa de depois não tem pra ninguém.
      Por isso é motivo de chacota dos blogueiros.
      E depois vai para o refúgio na roça.

      Responder
      1. Nando

        Cara, esse aí não tem jeito pois é novakete estilo aqueles q estão desde o ano passado acampados em frente ao estádio do parmera esperando o show do Bieber…

        Responder
        1. Robson

          Meu Deus, acorda federete,vcs federetes fazem de bobos ou são inocentes demais,vcs não se dão conta do que vcs escrevem,eu não babo 10% de ovo de Novak frente ao que vcs federetes babam pra Federer, ainda vem com esse papo de biber,Deus do céu, que isso bieber?Que comédias

          Responder
      2. Robson

        Cada um puxa a sardinha pro seu bel prazer né caro colega de blog.
        Normal isso,infelizmente.
        Porém eu tb vejo cada um comentário de vcs federetes como motivo de chacota,inclusive procuro nem ler comentários de federetes,pois é certeza de abobrinha.

        Responder
      3. Evaldo Moreira

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, boa Bruno, esse Robson é uma figura mesmo, e pelo visto gosta de uma roça, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, bão sendo assim, insistir de novo fiii, refugia na roça mesmo, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
        Falando sério, Dalcim, realmente concordo e gosto quando, você elogia muito o o Kyrgios, vai jogar fácil assim na baixa da égua, rsrsrsrs, tá doido, o alemão ficou sem prumo, e jogou tenso ontem, mas mesmo assim, isso não é motivo para desmercer a vitória do australiano.

        Responder
  74. Castilho

    Aquele dono do torneio ficar comemorando descaradamente para o Djokovic é de um desrespeito com os outros jogadores que participam do torneio…
    Aí em outro jogo ele está sentado do lado da esposa do Federer e torce descaradamente para ele…
    Quando é o Nadal jogando é a mesma coisa!

    Tudo bem! Pra ele o que interessa são as estrelas chegando nas finais… mas, precisa fazer isso???
    Sei lá! Posso estar exagerando um pouco, mas, não concordo muito com a atitude deste senhor.

    Responder
    1. Luiz Fabriciano

      O pior é ouvir a TV repetir a mesma ladainha toda hora. E acho que são obrigados, pois, o Domingos Venâncio que não fazia parte ano passado, está repetindo isso o tempo todo.

      Responder
  75. Luis

    Dalcim em quem aposta em Federer x Nadal ?acho 55×45 pro suico rs,previsao logica kkk, Wawrinka deve ta comemorando o seu lado em Indian com jogos mais tranquilos e nao apocalipticos rs,abraco

    Responder
  76. Helena

    Dalcim, considerando que Djokovic chegue na final, ele pode ter percorrido um caminho com Del Potro, Kyrgios, Nadal/Federer, Nishikori e Wawrinka?
    Ps: Parabéns pelo post mais rápido de todos os tempos.

    Responder
  77. Rodrigo S. Cruz

    Putz, que AGONIA!

    Minha vontade era de entrar dentro daquele estádio e berrar no ouvido do Del Potro:

    PARE DE USAR ESSA MERDA DE SLICE TODA HORA!

    Pombas, bate algumas bolinhas com as duas mãos, pra variar…

    Será que ele não via que os slices não estavam surtindo efeito praticamente nenhum, contra o Djokovic hoje?

    Responder
    1. Jose Yoh

      Para mim, até o meio do 3o. set pareceu que quando ele insistia nos slices o sérvio não atacava, e quando atacava errava. O slice também é o recurso para alguém que teve de operar o pulso esquerdo. O problema é que isso tornava o jogo chato demais para quem queria ver patadas a la Del Potro.
      Outra coisa que aborrecia era ver como Delpo não conseguia jogar com Djoko na rede.

      Responder
    2. Lincoln

      Da um desconto, foram três cirurgias naquele punho esquerdo em 5 anos. Só de o cara estar encarando frente a frente os melhores já é mais do que ele mesmo poderia almejar após todas as dores.

      Responder
      1. Sergio Ribeiro

        Concordo , parceiro. Achou por bem treinar com o Servio em Indy. E como ja’ haviam se enfrentado com Vitoria de Novak em Acapulco, este sabia da fragilidade no momento de seu Backhand , e de seu físico . Jogou com a confiança e certeza da Vitoria. Del Potro ainda esta longe do seu melhor. E a meu ver, o Servio idem. Abs!

        Responder
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comentário

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>